Atendimento
(11) 2359-0684

Suporte
(11) 2368-0710

Ícone do Menu
6 razões para criar um site em tempos de crise

Muitas crises econômicas já foram enfrentadas no Brasil e no mundo. No entanto, a mais recente crise vivida em praticamente todo o planeta, causada pelo vírus chamado COVID-19 já gerou mudanças significativas ao que se refere aos cuidados com a saúde, relacionamentos, convívio social e, principalmente, a economia e a forma de comprar, vender e negociar.

Sem dúvidas, o espaço do Marketing Digital, que já estava em constante crescimento, tem tudo para alavancar neste momento crítico. Por isso, conheça agora 6 razões para criar um site em tempos de crise, fazendo todas as adaptações para que seu negócio possa, além de sobreviver a esse momento de insegurança e incerteza, aumentar a sua visibilidade e lucratividade.

Lembre-se de que não importa qual seja o seu ramo, você pode criar ou aumentar a sua clientela através das mais variadas mídias digitais. O cenário econômico já foi amplamente afetado pela pandemia, de modo que as empresas que pretendem se manter em atividade já estão implementando novas estratégias para os seus negócios para esse cenário. Entretanto, o que mais preocupa é a situação futura, que antevê uma crise econômica profunda.

A importância de se manter conquistando clientes pela internet

Como vimos, a recessão econômica é inevitável, mas o sucesso do seu negócio depende exclusivamente de você e de seu espírito criativo e inovador. Por isso, a criação de um site é, sem dúvidas, uma das principais e fundamentais ações para esse novo momento de adaptação e conquista de novos mercados.

Se você ainda não é adepto ao E-commerce (comércio eletrônico), saiba que a prática está em constante evolução. Os números já eram interessantes antes da atual crise; após o fechamento de tantas lojas e empresas físicas em virtude do COVID-19 e seus efeitos, a modalidade digital ganha destaque e também para fisgar boa parte do público que utilizava o comércio formal.

Por isso, a criação de um site pode beneficiar o seu negócio em termos financeiros, já que o público poderá conhecer, avaliar e comprar os seus produtos onde quer que estejam. Para tanto, será necessário realizar um investimento, já que a manutenção de uma página na internet requer custos, tais como as despesas anuais de domínio (nome do seu site), servidor, equipe de manutenção, dentre outros.

Esse tipo de investimento trará resultados, quer seja pela confiabilidade gerada para o seu negócio, quer seja pelo nível de alcance. Com isso, é possível afirmar que, em tempos de crise no Brasil, pois, em virtude do isolamento domiciliar e fechamento de negócios físicos provocados pelo corona vírus, é essencial poder contar com a internet para fechamento de negócios.

Pensando nisso, apresentaremos 6 razões para criar um site em tempos de crise, para esclarecer e demonstrar todos os principais motivos pelos quais você deve ter um site e conquistar o sucesso para o seu negócio de maneira sólida e eficaz, seja ele qual for.

1. Criar um site faz sua empresa existir para o universo online

Inevitavelmente, a primeira razão para criar um site para sua empresa é torná-la pública para o público online. A internet deu seus primeiros passos nos anos 90; durante os últimos 30 anos, graças a tecnologia e suas facilidades, é possível afirmar que há um público relevante de todas as faixas etárias e classes sociais. Por isso, um (ou vários) desses públicos pode ser o que faltava para alavancar suas vendas.

A partir da criação de um site, será possível realizar negócios digitais, sem a necessidade de intermediação direta. Basta manter um número de funcionários compatível com a sua demanda para tirar dúvidas e proporcionar os envios e as soluções. No entanto, você deve estar se perguntando se a criação de um site é realmente necessária, já que existem uma série de outros canais online, como por exemplo as plataformas de vídeo e redes sociais.

Todavia, o que muitas pessoas ainda não sabem é que as mídias sociais são apenas um complemento para a produção de conteúdo. Ter um site ainda é o principal canal para as melhores estratégia de Marketing Digital. Por mais que as pessoas possam encontrar a sua empresa em outros canais, quando o público buscar uma empresa confiável, com quem possa tratar inclusive sobre as dificuldades, seu site precisa estar lá para te colocar na disputa.

2. Criar um site vai atrair o seu público-alvo

Na mesma velocidade que cresce o mercado do E-commerce, crescem as fraudes e golpes digitais. Por isso, não é difícil entender os motivos pelos quais os consumidores optam por comprar em empresas confiáveis – que possuem um site. No entanto, além de ter um site bem elaborado, com um design atrativo e com conteúdos simples, diretos e eficientes, ele precisa demonstrar o tipo de público que pretende atrair.

Tudo isso faz parte de uma estratégia de marketing, tal qual era utilizada para organizar as vitrines e a disposição nas lojas físicas. Por isso, o site certamente irá proporcionar excelentes resultados, desde que contenha todos esses dados e seja trabalhado por bons profissionais. Note que há dois pilares principais: a criação da persona e a composição do funil de vendas.

Assim, para criar a persona, você deverá reproduzir de modo sutil e discreto o modo como se apresenta o seu “cliente ideal”, quer seja mulheres, crianças, ou até mesmo empresas de determinados seguimentos. Dessa forma, a maior parte de seus conteúdos divulgados em seu site seguirão esse tipo de perfil.

Por outro lado, o site também deve trabalhar o funil de vendas; ou seja, conhecer a “jornada do cliente”. Com isso, você poderá visualizar nitidamente quais são as razões que fazem com que comprem de você, e conseguirá fazer as ofertas no seu site da maneira correta para que continuem comprando. Caso esteja se perguntando como descobrir tudo isso, consultar um profissional especializado para te ajudar é a melhor opção.

3. O custo da criação de um site é baixo, proporcionalmente ao volume de marketing criado

Se você comparar o custo de um site com todos as outras plataformas tradicionais, tais como anúncios em revistas, jornais, rádio e, até mesmo, panfletagem, você irá notar que todos esses meios têm um custo elevado. Se você considerar, ainda, o cenário de crise econômica encabeçado pelo corona vírus, os custos podem ser ainda maiores dos que os praticados em um ambiente favorável.

Por outro lado, ao aderir ao marketing digital, que envolve a criação de um site, além das outras mídias digitais, você terá um custo significativamente mais baixo: aparenta ser a solução mais vantajosa nesse momento, não é mesmo? Isso porque o investimento inicial para a construção de um site envolve a contratação de um domínio e um servidor de hospedagem, que não são serviços caros.

Assim, você já começa a desenvolver essa ideia sabendo que o valor mais significativo fica por conta do profissional criativo que irá prestar auxílio no desenvolvimento do perfil do seu negócio e também do perfil que ele pretende atender. Por isso, ao chegar a uma soma de valores, reflita no alcance nacional (ou, conforme o caso, internacional) que você proporcionará ao seu produto ou serviço.

4. A criação de um site gera oportunidade de negócio

Ainda refletindo no alcance de sua marca, você deve ter em mente a quantidade de pessoas que será direcionada para o seu site (lembre-se, um site criativo, bem planejado e que demonstre confiabilidade). A partir deste momento, todos esses “interessados” em te conhecer passam a ser possíveis clientes. Neste caso, basta ser assertivo nas propostas e na forma como elas são apresentadas. As oportunidades de negócio certamente virão.

5. A criação de um site gera receita para a sua empresa

Conforme vimos, a criação de um site é um canal em potencial para captação e, principalmente, retenção de novos clientes. Tudo isso ainda pode ser melhorado, tornando seu negócio em um mercado ainda mais amplo. Como isso é possível? Existem diversas estratégias que podem “engordar” o seu faturamento mensal. Dentre elas, destacam-se as vendas de produtos que não são unicamente seus, mas de terceiros.

Com isso, você pode se filiar a uma das plataformas que efetuam essas parcerias. Assim, cada venda realizada a partir do seu site gerará uma comissão para você. Além dessa, há uma outra estratégia muito utilizada hoje em dia, chamada Google Adsense. Com isso, seu site passará a ser exibido com os produtos que os consumidores estão pesquisando.

Você pode se surpreender, já que a cada visualização e clique desses anúncios renderá a você centavos de dólar. Quanto mais acessos o seu site tiver, mais dinheiro terá na sua conta do Adsense. Interessante, não é mesmo?

6. Sem a criação de um site você não pode competir com os seus concorrentes

Independentemente de qual seja o seu negócio ou onde você atue, certamente você tem concorrentes, físicos, digitais ou ambos. Entenda como concorrência as empresas que oferecem produtos ou serviços similares aos que você disponibiliza no mercado. Provavelmente, seus maiores concorrentes já estão utilizando todas as técnicas do marketing digital a seu favor e, inevitavelmente, estão com clientes que poderiam ser seus.