Atendimento
(11) 2359-0684

Suporte
(11) 2368-0710

Ícone do Menu

Posicione a sua empresa no principal mecanismo de busca orgânica do país

Aparentemente, para nós, o Google é apenas um buscador. Nele, fazemos buscas diversas, que variam entre pesquisas acadêmicas, procura por locais ou serviço ou apenas informações rotineiras.

Contudo, muitas vezes não pensamos na tecnologia que envolve toda a dinâmica de pesquisa do Google e como ele consegue, tão eficientemente, retornar resultados.

Para resumirmos, o Google separa os sites que aparecem na primeira página de resultados em duas categorias: os que pagam anúncios e os que são posicionamentos de maneira orgânica.

O que é busca orgânica?

Quando fazemos uma pesquisa no Google, os primeiros resultados que aparecem são os de anúncios feitos pelo Google Adwords. Abaixo deles, estão todos os resultados da busca orgânica.

Ou seja, chamamos de busca orgânica todas as pesquisas realizadas através dos principais buscadores em que os resultados não são anúncios pagos.

A importância da busca orgânica

Você sabia que 93% do tráfego da internet é oriundo do Google?

Esse é um número que chama a atenção e solidifica o conceito de busca orgânica como algo essencial.

No geral, os internautas tendem a preferir links que não sejam patrocinados, mas sim posicionados naturalmente – tamanha é a confiança de que o Google exerce um bom trabalho filtrando sites pouco relevantes.

Por essa razão, se você quer destacar o seu site para receber mais cliques, é de extrema importância que as suas páginas estejam bem posicionadas na busca orgânica, de acordo com as palavras chave de maior importância para o seu negócio.

O papel da palavra-chave na pesquisa

Todas as pesquisas no Google são feitas através de termos digitados no box adequado. Esses termos são chamados de palavras chave (ou keywords) e possuem um papel fundamental dentro do marketing de posicionamento para internet.

No final dos anos 90 e início dos anos 2000, quando foi percebida a ascensão de buscadores como o Google e o potencial para atrair cliques ou clientes, as palavras chave passaram a ter um papel triplo.

Elas servem para que os usuários consigam fazer a sua busca propriamente dita, para que o Google identifique quais são os melhores resultados de retorno e, também, para que os proprietários de sites consigam investir em conteúdos que visem dar uma solução para o problema pesquisado pelo usuário.

Em média, o Google recebe cerca de 40 mil pesquisas por minuto no mundo inteiro – números expressivos, que fazem com que a utilização de palavras chave seja essencial. Entretanto, essa utilização deve ser feita da maneira correta e é por isso que muitas empresas começaram a investir no marketing digital.

Se bem encaixados dentro de uma postagem de qualidade, esses termos podem significar total diferença para um site, que passará a estar nas primeiras páginas de resultados e ter o que chamamos de tráfego orgânico.

Ou seja, o site poderá ter mais acessos oriundos do Google, sem a necessidade de pagar por anúncios e cliques separadamente.

Diferença entre anúncios pagos e resultados orgânicos

Enquanto os links patrocinados (os famosos anúncios online) funcionam como uma espécie de leilão, em que você paga um determinado valor por cliques obtidos (valor, esse, que pode aumentar consideravelmente dependendo da palavra-chave escolhida para anunciar), os resultados orgânicos oferecem uma forma muito mais sólida.

Há alguns anos, passaram a existir muitas empresas que têm como principal objetivo colocar sites na primeira página do Google. O trabalho delas, entretanto, pode – e deve – ser considerado um investimento.

Ao optar por anunciar o seu site no Google Adwords, você terá que separar um valor diários para conseguir ficar algumas horas nas primeiras colocações.

Contudo, quando a escolha feita é o método orgânico, as técnicas utilizadas pelas agências de marketing de posicionamento para a internet tendem a fazer com que o site fique por muito mais tempo na primeira página de resultados – às vezes até de maneira permanente.

Tipos de resultados da pesquisa

Há muitas mudanças nos resultados oferecidos pelo Google aos usuários no início do século e aos oferecidos atualmente.

O Google é um buscador que sempre considerou a experiência do internauta como o principal pilar de seus negócios. Por essa razão, a cada ano se atualiza mais para fornecer resultados diretos e de qualidade para os seus usuários – de várias maneiras.

A seguir, iremos abordar os principais resultados de pesquisa do buscador atualmente. Confira!

Gráfico de resultados

Carrossel
Carrossel

Durante muito tempo, os resultados do conhecido “carrossel” englobaram diversas opções de retornos, inclusive restaurantes, hotéis, locais de entretenimento, entre outros.

Contudo, desde 2014, isso mudou e esse tipo de resultado passou a oferecer aos usuários apenas tópicos em que o Google entende que muitas opções de escolha são necessárias.

Essa lista não inclui links para outros sites. Ao clicar em um dos boxes, você apenas será redirecionado para outra página de resultados do próprio Google.

Painel gráfico de conhecimento da marca
Painel gráfico de conhecimento da marca

Esse tipo de painel é criado pelo Google a partir de informações encontradas na internet. Ele é constituído por uma breve descrição da companhia (geralmente retirado da Wikipedia), informações técnicas e, às vezes, também inclui um link para o site e as principais redes sociais do negócio descrito.

Anúncios

Resultados por anúncios
Resultados por anúncios

Os anúncios oferecidos pelo Google são incluídos através do Adwords e aparecem acima dos resultados orgânicos. Eles aparecem de acordo com as palavras chave digitadas e podem se alterar de acordo com o dia e o horário pesquisado.

Google shopping
Google shopping

O Google Shopping funciona como uma espécie de Adwords, com algumas diferenças, é claro.

Ele tende a ser mais barato e encaminhar o usuário direto para a página de anúncio do produto. Esse tipo de resultado pode aparecer tanto na parte superior da página (antes dos anúncios) ou não parte direita da página.

Google voos
Google voos

O Google voos (ou Google flights) tem como principal objetivo simplificar a pesquisa do usuário que procura por voos para diversas regiões.

Ao clicar no ícone das companhias aéreas sugeridas, você será redirecionado diretamente para a página da empresa que está oferecendo aquele voo, com aquele preço de passagem.

Anúncios de hotéis
Anúncios de hotéis

Ao pesquisar por um hotel no Google, é comum que ele automaticamente sugira opções de hospedagem e diversos sites. No exemplo acima, temos o Booking, o Trivago e o Hotel Urbano.

Além disso, ele já mostra informações úteis para o usuário, como o endereço, o número de telefone e o site do hotel.

Resultados de locais

Guia de locais
Guia de locais

O Google consegue listar, de acordo com a sua localização, locais que tenham a ver com a palavra-chave pesquisada. Ele mostra, de início, três opções de estabelecimentos, sendo que essa lista pode ser estendida.

Além disso, ao clicar no ícone que possui o nome de cada sugestão, o buscador irá abrir uma página com informações mais específicas do local.

Painel gráfico de conhecimento de locais
Painel gráfico de conhecimento de locais

Esse tipo de painel aparece quando pesquisamos por um local ou estabelecimento. Diferente do painel gráfico da marca, este irá focar mais em informações para potencializar a experiência física do usuário.

Dessa maneira, há uma aba para perguntas e comentários e um pequeno gráfico que indica os horários em que o local fica mais cheio e o tempo médio que cada pessoa gasta por lá.

Ele também exibe imagens do ambiente, a localização no Google Maps, o telefone e o endereço do estabelecimento.

Box de viagem
Box de viagem

Para os usuários que estão procurando por rotas para chegar a um determinado local, o Google facilita a pesquisa exibindo um box com meios de realizar a viagem.

São sugeridos os melhores caminhos, que podem ser feitos de carro, ônibus, trem ou até mesmo através da caminhada. É mesmo box que aparece quando fazemos uma busca por rotas utilizando o Google Maps.

Posição 0 (zero)
Posição 0 (zero)

A posição zero ainda é um grande questionamento para os profissionais de SEO. Não há um meio propriamente dito para se alcançar essa posição, que aparece para os usuários sempre antes dos resultados orgânicos e visa esclarecer rapidamente o que significa o termo pesquisado.

A posição do site na página de retorno não influencia diretamente no resultado da posição 0. Muitos sites que estão na primeira página, mas em posições mais baixas, aparecem nesse box.

Resultados orgânicos

Resultados orgânicos comuns
Resultados orgânicos comuns

Esses são os resultados mais conhecidos por todos os usuários do Google.

Eles aparecem abaixo dos anúncios do Google Adwords e são o verdadeiro objetivo para qualquer profissional que trabalha com SEO ou com o marketing de posicionamento para internet.

Listagem de redes sociais
Listagem de redes sociais

Quando pesquisamos o nome de algumas celebridades no Google, ele nos retorna imediatamente, em alguns casos, as redes sociais delas.

Dependendo da pesquisa realizada, é possível até acessar o Twitter (atualmente, apenas o Twitter) sem que haja a necessidade de sair do Google propriamente dito, o que possibilita um carregamento mais ágil da página.

Google notícias
Google notícias

O Google Notícias possibilita que o usuário consiga saber quais são as principais notícias envolvendo o termo pesquisado, sem que haja a necessidade de clicar em um link, já que ele aparece em pequenas caixas com a manchete da notícia.

Esse tipo de resultado geralmente aparece antes dos retornos orgânicos e até mesmo do Google Adwords.

Imagens
Imagens

Esse tipo de resultado geralmente aparece quando pesquisamos o nome de um ponto turístico, de uma cidade muito famosa ou, também, receitas típicas de um determinado local, dentre tantos outros exemplos.

As fotos ficam posicionadas entre os resultados da busca orgânica ou antes deles e, ao clicar em qualquer imagem, você é redirecionado diretamente para o Google Imagens para conseguir visualizar com maior qualidade.

Vídeos
Vídeos

O Google integra vídeos aos resultados de acordo com o que pesquisamos. Se ele entende que as palavras chave remetem à necessidade de conteúdo audiovisual, teremos esse tipo de box, que por sua vez redireciona para os respectivos canais do YouTube.

Eles podem ser integrados aos resultados orgânicos ou simplesmente aparecer antes deles.

Perfil do usuário de busca

Desde os anos 90 até os dias atuais, muita coisa mudou na internet. O perfil dos usuários que a utilizam, assim como as pesquisas que realizadas, são exemplos disso.

A mudança na perspectiva de buscas online tende a mudar de acordo com a idade de cada usuário, tal qual a sua localização demográfica e a sua cultura. Por essa razão, é imprescindível que haja uma adaptação de cada site para conseguir atender diferentes demandas.

Nesses casos, as palavras chave também possuem grande importância. Através delas, é possível delimitar, de certo modo, o público que você deseja atingir com o seu conteúdo, elevando as chances de ter mais acessos.

Por que estar bem posicionado no Google?

De acordo com pesquisa realizada pelo Search Engine Land, mais de 70% dos usuários da internet ignoram completamente os anúncios pagos. O IBOPE também confira esses dados: segundo o instituto, 73% dos usuários da internet preferem clicar em um resultado de busca orgânica do que em links patrocinados.

Além disso, a mesma pesquisa do IBOPE também indica que 36% das pessoas pressupõem que a empresa que aparece em primeiro lugar nas páginas do Google é a líder do segmento em questão.

Esses números são importantes para conseguirmos enxergar a real importância de estar bem posicionado na primeira página de resultados do Google, principalmente para as empresas que querem ter maior destaque e elevar o número de vendas e acessos.

Otimização de sites (SEO) e a sua influência nos resultados de pesquisa

Existem, atualmente, mais de 1 bilhão de sites ativos na internet – número que prova a alta competitividade quando o assunto são as primeiras posições no Google.

Por conta disso, apenas ter um site não é o suficiente para que ele apareça entre os primeiros no ranqueamento proposto pelo buscador. Foi nesse cenário que as técnicas de SEO, ou otimização de sites, surgiram.

A otimização de sites é um serviço que reúne uma série de estratégias que visam garantir o sucesso do seu negócio online ao aumentar a sua visibilidade do seu site e possibilitar que ele esteja entre os primeiros.

Os profissionais de SEO seguem os fatores de ranqueamento impostos pelo próprio Google. No geral, são mais de 200, entretanto, apenas alguns são conhecidos e conseguem de fato ser explorados.

Melhorar o design das páginas e criar um conteúdo atrativo para os usuários é muito importante, já que esses são alguns dos tópicos analisados pelo Google para decidir se o site é relevante para o internauta ou não.

Considerações finais

Após a leitura desse artigo, é possível entender a importância de um bom posicionamento orgânico no Google.

Mas, se você quer fazer com que o seu site esteja entre os primeiros, a melhor opção é contratar uma empresa especializada no assunto, como a Prime Web!

Para saber mais informações, entre em contato conosco e aproveite para solicitar o seu orçamento!