Atendimento
(11) 2359-0684

Suporte
(11) 2368-0710

Ícone do Menu
Criação de Sites Profissionais, Responsivos e Otimizados para o Google

Criação de Sites Profissionais, Responsivos e Otimizados para o Google com o MPI

Já se foi o tempo em que empresas sobreviviam apenas com indicações e bons relacionamentos locais. Com a globalização e o uso massivo da internet, a criação de sites institucionais passou a ser um item obrigatório nos objetivos de qualquer empresa que deseja se manter competitiva e bem inserida em seu nicho de mercado.

Hoje em dia, ao planejar meios de prospectar novos negócios para uma empresa, o universo digital é o que mais oferta oportunidades. Sendo assim, é necessário conhecer como funciona o processo de criação de sites para obter algum sucesso.

Mas muita calma. Criar um site não é uma tarefa tão simples, pois, apesar de existirem empresas que ofertam a criação de sites grátis e em questão de poucos minutos, algumas utilizam um mesmo template de layout para vários clientes, mudando apenas o logotipo e algumas imagens. Será que estes domínios são responsivos e otimizados para grandes buscadores?

Muitos pontos devem ser considerados para que o site da sua empresa se torne um forte representante do segmento em que atua.

Por este motivo, neste conteúdo da Prime Web — empresa especializada em MPI (Marketing de Posicionamento para Internet) — preparamos um guia completo sobre criação de sites.

Vamos em frente!

Qual é a importância da criação de sites para empresas?

A internet já faz parte do cotidiano das pessoas. Hoje, o espaço virtual está nas mãos de potenciais consumidores por meio de dispositivos móveis.

Deste modo, é necessário que as suas ações de marketing digital sejam aplicadas nos canais online onde o seu público-alvo se encontra, sejam eles blogs, redes sociais, e-mail e, o principal deles, em grandes buscadores como o Google.

Uma empresa que ainda não tem presença digital perde espaço para a concorrência e, consequentemente, a possibilidade de prospectar novos clientes.

Atualmente, mais de 96% dos brasileiros procuram empresas no Google antes de fechar negócios. Esse número mostra que trabalhar bem a presença do seu negócio em grandes mecanismos de busca é de extrema importância.

Mas para que o seu site tenha uma boa visibilidade online, criar o seu domínio é apenas uma das tarefas. Conhecer técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Busca) e aplicá-las nas páginas do seu site, é indispensável se você deseja ser encontrado por clientes que buscam pelo serviço ou produto que você oferece.

Mas, afinal, o que é preciso para ter um site?

Antes de falarmos sobre o processo de criação de sites propriamente dito, é preciso que você compreenda o que o seu site deve ter. Em resumo, abordaremos três tópicos de grande importância: domínio, servidor e materiais de referência.

Domínio

O domínio do seu site nada mais é do que a URL (Localizador Uniforme de Recursos) inserida na barra de endereços para acessar o seu site. O domínio da Prime Web, por exemplo, é prime4web.com.br.

É importante lembrar que a escolha do domínio é algo importantíssimo e precisa ter direta ligação com a sua empresa, de preferência o mesmo nome dela.

Servidor de Hospedagem

Todos os seus conteúdos — textuais, imagens, vídeos, arquivos, etc — precisam estar armazenados em algum lugar na internet. Para isso, existe o chamado servidor de hospedagem.

Basicamente existem três tipos de hospedagem de site no mercado:

Hospedagem compartilhada: que oferece um espaço na web que você irá compartilhar com outros usuários, sendo uma opção mais viável para quem está começando o seu negócio.Servidor virtual privado (VPS): com ele, você ainda compartilha o espaço com outros sites, mas a quantidade de memória e capacidade de armazenamento é reservada para cada servidor.Hospedagem na nuvem: com ela, o site é hospedado em várias máquinas físicas, que juntas trabalham e distribuem cargas de processamento, armazenamento e memória.

Materiais de referência para o conteúdo (informações sobre os produtos/serviços e fotos)

Quando você acessa o site de uma empresa a fim de conhecer mais sobre o serviço ou produto que ela oferece, sem dúvidas, deseja colher o máximo de informações possíveis sobre o mesmo, certo?

Enviar materiais e/ou informações de referência para que a equipe de conteúdo possa desenvolver textos ricos e úteis para seu público algo pode trazer grandes benefícios e destacar sua empresa à frente da concorrência. Por este motivo, vale muito a pena investir na produção de conteúdos para o site, criar um portfólio online para mostrar produtos ofertados ou serviços realizados e, logicamente, caprichar na página “sobre nós”.

Como é o processo de criação de sites para empresas?

Muitas etapas estão envolvidas na criação de sites. Os tópicos a seguir foram desenvolvidos com base no trabalho que ocorre dentro da Prime Web junto a nossa equipe de web designers e redatores especialistas em marketing de conteúdo — lembrando que este processo pode variar de empresa para empresa.

Briefing

Logicamente, o primeiro passo no processo de criação de sites consiste em coletar o máximo de informações possíveis sobre a empresa que solicitou o serviço.

Muitas coisas precisam ser levadas em consideração quando o design de um site é criado. Afinal, a paleta de cores do site deve ser elaborada em conformidade com a logomarca da empresa, as informações contidas nas páginas, sobretudo na home, devem ser planejadas hierarquicamente, dentre outras questões.

Na etapa de briefing, é importante que a equipe de web designers faça perguntas para compreender o negócio do cliente e suas necessidades em relação ao site. Algumas coisas a considerar são:

  • Objetivo: qual o objetivo do site? Quer fornecer informação, promover um serviço, vender um produto…?
  • Público-alvo: existe um grupo específico de pessoas que teriam interesse no que você tem a oferecer? Isso o ajudará a determinar o melhor estilo de design para as páginas.
  • Conteúdo: que tipo de informação o público-alvo está buscando? Eles procuram por informações mais específicas?

Criação do layout

Em sequência, é hora de começar a criar o layout. Onde será definida a parte visual do site que inclui as cores predominantes, tipologias, organização do menu, botões, dentre outros itens que os visitantes verão ao acessarem as suas páginas.

Programação

Definido o layout, será dado início a programação que envolve a estruturação de códigos que darão funcionalidades ao site, ou seja, é uma etapa diferente da parte visual.

Em relação a todo o processo de criação de sites, a programação é a parte do trabalho mais complexa e técnica. Por isso, requer o trabalho de um especialista que entenda muito bem sobre este processo.

Conteúdo

Um site sem conteúdo é como uma folha em branco. Afinal, por mais que o seu domínio tenha um visual esplêndido e um código limpo, você não terá os resultados que espera se o conteúdo não for bom e relevante para o seu público-alvo.

Por isso, dentro do processo de criação de site, contar com uma equipe especialista é mais que essencial!

Aprovação para publicação

Desenvolvido o layout, feita a programação e criados os conteúdos de qualidade, o último passo consiste na aprovação do projeto. Este será o momento em que o site será apresentado ao cliente para que ele possa testar todo o fluxo de navegação.

Assim, se algo estiver em desacordo com a sua expectativa, pode ser feita uma solicitação de ajuste. Do contrário, o site é entregue e colocado no ar para ser acessado por quem tiver interesse no produto e/ou serviço oferecido.

Quais são as vantagens da criação de site?

Agora que já falamos sobre os processos que envolvem a criação de sites, vejamos alguns dos benefícios que ele pode trazer para o seu negócio.

Ter presença online

Estar presente no meio digital por meio do seu site é, sem dúvidas, o primeiro passo para conquistar novos clientes. Afinal, se antes os consumidores se dirigiam a uma loja física para obter informações sobre serviços e produtos, hoje uma esmagadora maioria realiza esta pesquisa de forma online.

Não há dúvidas de que a Internet moldou o comportamento do consumidor, tornando-o muito mais exigente e cuidadoso. Hoje, as pessoas examinam detalhadamente cada produto ou serviço a fim de escolher o melhor. Por este motivo, o seu site deve trazer o máximo de informações a respeito do que você tem a oferecer.

Alcançar o público do segmento

O grande diferencial de um site está na sua possibilidade de alcançar e impactar clientes em diferentes fases de uma jornada de compra.

Afinal, assim como o seu site pode atingir clientes que desejam se informar sobre o seu produto/serviço, ele também pode alcançar aquele público que ainda não sabe que precisa do seu serviço.

Deste modo, os conteúdos postados nas páginas do seu site devem contemplar três públicos que formam a chamada jornada de compra ou funil de vendas:

  • topo do funil: momento em que a pessoa descobre ter um problema;
  • meio do funil: etapa onde a pessoa busca soluções para resolver o problema;
  • fundo do funil: aqui, ela descobre quem pode resolver o problema que ela tem.

Aumentar as vendas da empresa

Conforme as visitas no seu site aumentam e melhor ele se posiciona no ranqueamento de grandes buscadores, as vendas também tendem a crescer.

Uma empresa que, por exemplo, possui uma loja física localizada num bairro pouco movimentado pode ter dificuldades em atrair clientes. Porém, quando o bairro cresce e começa a receber mais movimento, logicamente mais pessoas visitarão a loja e as vendas irão aumentar.

A mesma lógica vale para o seu site. Quanto mais visitas ele receber, maiores serão as chances de aumentar as vendas.

Criar uma autoridade digital

Com o advento da internet, hoje os consumidores têm mais opções de escolha e, muito provavelmente, irão comprar com uma empresa que tenha bom destaque no mercado. E como as buscas pelo melhor produto ou serviço são feitas na web, é essencial investir em um site profissional.

Afinal, quando um cliente precisa decidir entre uma empresa que tem todas as informações organizadas e um bom posicionamento online, e uma que se quer tem um site, qual você pensa que será a escolha dele?

O que um site deve ter?

Apesar de poderem ser extremamente diferentes entre si, os sites tem alguns pontos em comum que são partes imprescindíveis de sua estrutura:

Identidade visual clara

Identidade visual se trata da construção de diversos elementos gráficos e visuais, que ajudam a criar uma atmosfera acerca da empresa e de seus valores. Basicamente, é uma forma de identificação da marca que deve estar contida no site.

Há, basicamente, quatro elementos da identidade visual que devem ser muito bem pensados durante o processo de criação de sites: as cores, a tipografia, as formas geométricas e o logotipo da empresa.

Design Responsivo

Com um design responsivo, a experiência de acesso e navegação do usuário deve ser similar em diferentes dispositivos e tamanhos de tela.

Ou seja, um design responsivo permite que a interface de um site seja adaptada em qualquer tipo e tamanho de tela, ou seja, sem distorções ou inacessibilidade do conteúdo em determinado dispositivo.

Segurança

A segurança de um site consiste em toda ação ou ferramenta que vise evitar que informações sejam expostas ou fiquem sujeitas a ataques de cibercriminosos. Tais medidas são importantes para proteger usuários, como clientes de e-commerce, leitores de blog, e até mesmo o host.

A principal medida para garantir a segurança de um site é adotar o HTTPS — uma forma de criptografar todas as informações que circulam em uma página. O que inclui as informações sobre a página em si, mas também os dados que o usuário digita.

URLs amigáveis

Uma empresa que, por exemplo, oferece o serviço de instalação de redes de proteção para gatos e tenha uma página inteira dedicada a este serviço, tem a seguinte URL:

https://www.telaseguragatinho.com.br/redes-de-protecao-para-gatos

Além de mais agradável aos olhos do leitor, a URL encontra-se otimizada para os algoritmos saberem qual a ideia central da página.

Geralmente, o menu de um site está localizado na parte superior das páginas e traz todos os itens da sua empresa para que os visitantes possam navegar por eles, tais como: sobre nós, serviços, portfólio, blog, contato, etc.

Informações de contato visíveis

Uma vez que entendemos que o visitante acessou o seu site para conhecer mais sobre a sua empresa, pois está interessado no serviço ou produto que você oferece, é de se esperar que ele queira fazer contato com você, concorda?

Por isso, é importante que você dedique uma seção do seu menu especialmente para indicar informações de contato.

Mas não pare por aí. Você também pode optar por inserir um botão flutuante em sua home page para que o cliente entre em contato direto com a equipe de vendas no WhatsApp, por exemplo.

Otimização para SEO's

Para que as pessoas encontrem o site a partir de mecanismos de busca, é essencial que ele esteja otimizado para SEO. Para isso, é importante que você use as principais técnicas ou delegue esta função a uma equipe de especialistas no assunto (o que é muito mais recomendado).

Botões das redes sociais

Ao ler um conteúdo interessante no seu site, por exemplo, pode ser que o visitante queira compartilhá-lo em suas redes sociais, e se os botões estiverem lá para facilitar esta ação, melhor! Afinal de contas, isso funcionará como uma divulgação gratuita e não esperada da sua marca.

Rapidez ao carregar

Hoje em dia, ninguém tem paciência de esperar um site carregar. Em média, hoje as pessoas costumam esperar apenas 3 segundos pelo carregamento de uma página de um site.

E o que acontece se o carregamento demora mais do que este tempo? Muito provavelmente elas vão desistir de acessar a sua página e clicar em outro conteúdo que trata o mesmo assunto.

Atualmente, já existem muitas ferramentas gratuitas para testar a velocidade de um site, tal como o Google PageSpeed Insights.

Qual o tipo de site ideal para uma empresa?

Ao fazermos uma pesquisa na internet pelo tipo de produto ou serviço que a empresa oferece, rapidamente nos depararemos com milhares de sites. Ao acessar alguns deles, notamos que muitos possuem um padrão de navegação em comum, visualmente falando. A posição do menu, a parte da tela onde são exibidos os produtos, o rodapé.

Porém, pode ser complicado para uma pessoa que não entende de criação de sites reconhecer as diferenças técnicas entre as diversas opções de modelos. Sendo assim, vamos ajudá-lo a entender mais sobre os tipos mais comuns encontrados na internet para que você possa enxergar a melhor opção para sua empresa.

Site Institucional

Fundamental para qualquer empresa, o site institucional é perfeito para marcas que já têm um público definido ou que já sabem sobre os produtos ou serviços que tem a oferecer.

Este tipo de site funciona como um cartão de visitas on-line e deve conter seções mais descritivas sobre a empresa, seus produtos e serviços. Para isso, a criação de um blog pode ser muito útil para educar os visitantes que acessam o seu site institucional e, com isso, impulsioná-los pela jornada de compra.

Site One Page

Com a vantagem de ser altamente responsivo, o site onepage resume todo o conteúdo em apenas uma página subdividida em seções na própria home page (página inicial).

Costuma ser um tipo de site mais utilizado por empresas que estão começando no meio digital e não tem muito conteúdo para divulgar. Com isso optam por sites mais enxutos.

Landing Page

A landing page também foca na produção de conteúdos em uma única página, contudo, seu objetivo é apresentar produtos e serviços, gerar leads e vendas.

Boa parte do tráfego deste tipo de site se deve a ações patrocinadas feitas nas redes sociais, o que faz com que as empresas tenham uma visão mais detalhada das suas conversões.

Em lançamentos de produtos ou cursos, por exemplo, a landing page é a mais indicada!

Loja Virtual (E-commerce)

A loja virtual, ou e-commerce, é definida por efetuar a venda direta de produtos e serviços aos clientes por meio online, sendo uma boa opção para lojas de roupas, acessórios e até serviços de delivery e outros formatos de venda.

No entanto, para que uma loja virtual funcione, é preciso desenvolver um site responsivo que esteja sempre atualizado, com os produtos dispostos para venda com a devida precificação.

Aqui, a experiência do cliente é a questão de maior importância. Por isso, o site deve ser limpo, de fácil navegação e totalmente seguro para que o cliente possa fazer suas compras com tranquilidade.

Hotsite

Os hotsites são sites eventuais criados para reforçar algum tipo de campanha publicitária. Eles podem, por exemplo, ser sobre um novo produto ou algo sazonal que a empresa lançará, tal como uma ação de black friday.

Blog

Os blogs são essenciais para empresas que desempenham uma estratégia de marketing de conteúdo. Ele serve para tirar dúvidas dos clientes por meio de artigos, uso de infográficos, livros eletrônicos e outros materiais.

É, portanto, um modelo ideal para consolidar o relacionamento e a nutrição de leads (potenciais clientes).

Portal

Os portais estão entre os tipos mais completos de modelos de site. Você já entrou em sites que concentram uma enorme quantidade de informações e conteúdos divididos em seções de notícias, meteorologia, moda, culinária, etc.?

Os portais costumam ser direcionados a empresas que lidam com dados e notícias e, portanto, necessitam de um maior espaço.

As vantagens do trabalho de MPI para um site profissional

Para quem tem uma empresa, estar na internet é indispensável. Ter um site moderno e profissional também implica na confiança passada para o seu público-alvo. Afinal, quanto mais organizado o site for, maiores são as chances de você passar credibilidade.

Contudo, hoje existem milhares de sites que oferecem o mesmo serviço ou produto que você. Deste modo, ter um site ativo não é o suficiente para que os internautas encontrem o seu conteúdo; é preciso que ele apareça também nas primeiras páginas dos grandes buscadores.

Por esta razão, o MPI (Marketing de Posicionamento para Internet) é a escolha certa para otimizar o seu site e fazer com que ele obtenha mais relevância em buscadores como o Google.

Ao contratar a Prime Web, você terá maiores chances de impulsionar o seu site e obter lucros a partir disso. Afinal, quanto mais notoriedade o seu site tem na web, maiores são as chances de um clique se converter em uma venda.

Ainda está em dúvida se o MPI é a opção certa para o seu negócio? Confira as principais vantagens de apostar nesta estratégia com a Prime Web:

Posiciona o seu site na primeira página do Google, facilitando que potenciais clientes o encontrem quando buscarem pelo serviço ou produto que você oferece;Eleva o tráfego orgânico e te tira da dependência dos anúncios patrocinados;Potencializa os resultados da sua empresa;Aumenta os lucros!

O MPI é um trabalho longo que deve ser planejado e posto em prática com sabedoria. Por essa razão, é importante contar com uma empresa que trabalhe com foco na alavancagem do seu negócio.

Considerações finais

Conforme você pode conferir ao longo deste guia completo sobre criação de sites, ter um canal online para a sua empresa já não é mais um diferencial, e sim uma necessidade para atrair o público certo e convertê-los em oportunidades de negócio.

Para isso, um primeiro passo muito importante é contratar uma empresa que possa lhe oferecer um pacote completo para que a sua marca decole no mundo on-line.

Na Prime Web você conta com um time de profissionais especialistas na criação de sites responsivos e otimizados e em posicionar o seu site na primeira página do Google por meio de palavras chave do segmento de sua empresa.

Possuímos recursos técnicos e ferramentas exclusivas para desenvolver a melhor estratégia de posicionamento na internet para nossos clientes e parceiros. O upgrade que a sua empresa precisa, nós conquistamos!