Atendimento
(11) 2359-0684

Suporte
(11) 2368-0710

Ícone do Menu
Empresa de MPI

Por que contar com uma empresa de MPI?

Hoje em dia, quem tem uma empresa e deseja ter maior influência perante os consumidores, não pode, de maneira alguma, estar fora da internet.

Ter um site é de grande importância para possibilitar que os clientes conheçam melhor a sua marca e se sintam mais à vontade para fechar qualquer tipo de negócio.

Contudo, para que isso aconteça, é importante, também, estar na primeira página do Google – buscador onde grande parte das pesquisas são feitas. Só que isso não é simples.

Por essa razão, existem as chamadas empresas de MPI, que trabalham com uma série de ações para possibilitar que um site se torne bem posicionado.

Qual o trabalho de uma empresa de MPI?

Uma empresa voltada para o MPI (sigla para marketing de posicionamento para internet) trabalha seguindo cinco pilares de grande importância para que todo projeto traga bons resultados. São eles:

Ao seguir todas essas etapas, há maiores chances de fazer com que um site seja melhor ranqueado pelo Google e consiga, então, alcançar o tráfego orgânico.

Por que o MPI é importante?

Se antes conseguir anunciar em grandes revistas, jornais ou no horário nobre da TV era o grande objetivo de muitas empresas, atualmente, estar na primeira página do Google é tão importante quanto, principalmente para negócios que não estão consolidados entre clientes de todos os estados do país.

Por esse motivo o MPI é tão necessário; ele faz com que você consiga maior destaque em um dos principais canais da atualidade: a internet.

Como trabalham as empresas de MPI?

Como já foi dito acima, as agências de marketing de posicionamento para internet seguem os cinco pilares de maior importância para o projeto.

Entretanto, tudo se inicia, de fato, no estudo de palavras-chave, que é feito a partir de ferramentas que irão dizer quais conjunto de palavras são mais relevantes para determinados segmentos. Essas ferramentas também irão apontar quais são as palavras-chave mais concorridas e com maior volume de buscas.

As keywords, como também são conhecidas, têm relação direta com o serviço ou produto oferecido pelo cliente.

Posteriormente, são criados os conteúdos que, no geral, são baseados nas palavras-chave. Se considerarmos as lógicas das heading tags (títulos e subtítulos), a palavra-chave, no caso, seria o H1, ou seja, o título mais relevante na página.

Todo conteúdo criado deve ter qualidade, ser bem escrito, sem enrolação e de maneira clara, sem a repetição incontável de palavras-chave e com parágrafos curtos, que sejam organizados e consigam chamar a atenção do leitor.

Quando todo o conteúdo está criado, será a vez dos técnicos de web design começarem a trabalhar no layout do site, que deverá ser limpo e de fácil navegação para o usuário. A parte interna do site também deve ter atenção especial e ser otimizada de acordo com as práticas de SEO.

Tudo isso colabora para que o Google consiga entender o site e as suas respectivas páginas como relevantes – o que gerará, então, maiores chances de um bom ranqueamento.