Whatsapp Prime Web

Atendimento / Whatsapp
(11) 98524-0097

Ícone do Menu
MPI para Pequenos Negócios Locais

Por que devo optar pelo MPI para pequenos negócios locais?

Você sabia que grande parte dos usuários que procuram por serviços ou produtos na internet têm grande confiança nos sites que aparecem nas primeiras colocações de resultados do Google?

Grande parte dos internautas optam por clicar nos primeiros sites dispostos na primeira página do principal mecanismo de busca orgânica, o Google. No geral, os internautas tendem a acreditar que o Google, através de toda a sua tecnologia, está apto a afunilar quais sites realmente são relevantes e oferecem conteúdo e quais não são.

Por isso, se você tem um negócio - mesmo que pequeno -, é indispensável estar presente nos ambientes onlines através de um site, um e-commerce ou um blog. O Google, por exemplo, tem 92,42% da participação no mercado de mecanismos de busca em todo o mundo, estima-se que em média uma pessoa realiza cerca de 3 ou 4 pesquisas por dia.

Entretanto, é necessário dizer, também, que apenas ter um site ativo não é o suficiente para que o Google o considere relevante. Atualmente, existem bilhões de sites e páginas indexadas no buscador, por essa razão, a concorrência é pesada.

Dessa maneira, para auxiliar nessa tarefa, existem agências que estão focadas no que chamamos de MPI (ou marketing de posicionamento para internet).

Entenda o que é MPI

Estar no Google, especificamente na primeira página, é tão importante que surgiram agências de marketing voltadas apenas para essa função. Ou seja, essas agências são responsáveis por desenvolver estratégias que consigam ranquear a primeira página do Google.

As agências de marketing de posicionamento para internet, o MPI, são especializadas em trabalhar com ações na parte interna e externa do site para que ele se torne amigável ao Google e aos usuários, a fim de fazer com que ele esteja sempre bem posicionado.

Essa, contudo, não é uma missão tão simples. O Google utiliza mais de 200 fatores de ranqueamento para classificar a qualidade de cada site indexado, o que faz com que os critérios sejam, em alguns momentos, complexos.

Mas, no geral, o Google quer que as páginas de um site consigam ser proveitosas para os usuários que estão realizando a busca. Portanto, toda a otimização proposta pelos profissionais da área precisa seguir essa lógica.

Fatores como: SEO (Search Engine Optimization, ou em português, Otimização de Mecanismos de Pesquisa); produção de conteúdo; integração com mídias sociais e monitoramento; e análise de resultados, são essenciais para possibilitar que um site seja posicionado entre as primeiras opções de resultados dos buscadores.

Por isso, o MPI é muito focado no layout do site (que deve ser limpo, de fácil carregamento e de fácil manipulação por parte dos internautas), dos códigos internos das páginas e, é claro, dos conteúdos.

O MPI pode ser aplicado para pequenos negócios locais?

Sim, e deve!

A partir do momento que um usuário faz uma pesquisa, o Google consegue identificar o local exato de onde essa pesquisa está sendo feita. Por essa razão, os resultados podem variar e apresentar sites mais próximos.

O MPI, então, também se adequou à essa lógica e passou a favorecer, então, empresas de pequeno porte, que possuem uma área de atendimento mais restrita à uma cidade ou até mesmo bairros.

Nesses casos, os conteúdos, que normalmente são criados em cima de uma palavra-chave, terão a mesma lógica, com a diferença de que as palavras chave, no caso, serão criadas a partir do serviço oferecido pela empresa junto com a área de atendimento em questão. O exemplo que podemos usar é: veterinário em São Bernardo do Campo.

Dessa forma, o Google terá maior facilidade em identificar aquele conteúdo como relevante para pessoas que estão, seguindo o exemplo, procurando por veterinários em São Bernardo do Campo.

Porque investir em MPI?

Muitos especialistas em marketing digital apontam que uma empresa que não está presente no meio digital praticamente não existe. Pois com o avanço da internet nas últimas décadas as formas de se fazer marketing foram se modificando. De repente a televisão, o rádio, jornais e revistas perderam espaço, isso porque, além de serem alternativas de propaganda relativamente caras, essas opções não são viáveis para todas as empresas ou marcas que buscavam novos consumidores.

Empresas caracterizadas como locais, por exemplo, não conseguiam atingir um grande público, principalmente por utilizarem meios de divulgação pouco eficazes ou quase escassos.

Deste modo, notou-se que o Google, caracterizado como o maior buscador orgânico do mundo, possui um grande número de acessos diariamente, além disso o número de páginas online teve um crescimento de 3.000.000% (trinta e três milhões por cento) em 20 anos. Em 1994, por exemplo, havia menos de 3 mil sites na rede mundial de computadores, já em 2014 a estimativa era de 1 bilhão de páginas.

Ou seja, o meio digital é um local extremamente propicio para conseguir novos consumidores. Só no Brasil existem cerca de 107,8 milhões de internautas, que representam 3,69% de toda a internet do mundo.

Entretanto, o número de páginas abandonadas depois de sua criação ainda é alto, de acordo com Mike Ashenfelder, membro da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, a vida útil de uma página na web é de cerca de 3 meses. Depois desse tempo muitos endereços deixam de ser atualizados ou perdem a frequência de postagens.

Portanto, não basta apenas estar presente na internet, é necessário o desenvolvimento de estratégias que posicionem o site em uma boa colocação no Google. Por exemplo, a taxa média de cliques da primeira posição em uma consulta de pesquisa do Google é de 19,30% e a taxa de cliques da segunda posição é quase a metade de 10,57%, de acordo com a empresa Internet Marketing Ninjas.

Ao investir em marketing de posicionamento para internet, ou se você preferir MPI, você conta com profissionais especializados para o desenvolvimento de estratégias que visam atender as necessidades de sua empresa ou marca.

Vantagens de optar pelo MPI para negócios locais

Como empresas, comércios ou serviços locais buscam atender uma região especifica, são desenvolvidos mecanismos que visam a regionalização do serviço prestado. Conheça a seguir algumas vantagens do MPI:

  • Melhor relacionamento com os clientes;
  • Aumento das vendas;
  • Maior visibilidade;
  • Foco no segmento de atuação;
  • Melhor posicionamento no Google.

Ademais, ao investir em MPI você conta com profissionais especializados nesse segmento, aptos a desenvolverem as melhores estratégias e ranquearem os melhores posicionamentos nos buscadores orgânicos.

Teve interesse? Entre em contato!

Para saber mais informações a respeito do MPI para pequenos negócios locais, entre em contato com os nossos atendentes comerciais e aproveite solicitar o seu orçamento conosco agora mesmo!