Atendimento:
(11) 2359-0684

Suporte:
(11) 2368-0710

Ícone do Menu
Otimização de Sites

Boa parte dos empreendedores atuais já se deu conta de que é quase impossível obter vendas significativas sem contar com o apoio do mundo digital. O número de pessoas que acessam a internet só aumenta a cada dia, seja para ler notícias, acompanhar as redes sociais ou efetuar compras. Neste universo, talvez o site mais utilizado para fazer pesquisas seja o Google. Desse modo, para quem quer movimentar a carteira de clientes, é praticamente insensato não apostar na internet. E, por essa razão, o que chamamos de otimização de sites - ou em inglês Search Engine Optimization (SEO) - talvez seja a melhor opção.

O que é?

Para quem tem intenção de expandir o negócio através da internet, é inadmissível não ter, pelo menos, noção básica sobre SEO. Sem essas técnicas de otimização, é praticamente impossível manter uma página na primeira página de pesquisa do Google e de outros buscadores.

Portanto, para começar a entender o que é essa otimização de sites, precisamos ter em mente que para decidir qual site deve permanecer na primeira página de pesquisa, o Google separa as páginas em duas áreas: aquelas que pagaram para estar ali através de anúncios pagos e aquelas que são ranqueadas de maneira orgânica.

No segundo caso, o ranqueamento acontece pela relevância do site perante os requisitos do Google. Para que isso aconteça, porém, o SEO - que se resume em uma série de técnicas essenciais para elevar o destaque do seu site - é praticamente indispensável e precisa ser explorado, a fim de tornar tanto o layout, quanto o conteúdo do seu website atrativo para o buscador.

Como funciona?

Para que um projeto de SEO funcione corretamente, é preciso que as técnicas oriundas das métricas do Google sejam aplicadas no site que será totalmente remodelado.

Desse modo, estratégias envolvendo o desenvolvimento dos websites, o marketing de conteúdo (criação e publicação de artigos), a integração com as redes sociais e o monitoramento dos resultados serão aplicadas com o principal objetivo de fazer o site ser notado pelos principais buscadores.

Basicamente, cria-se todo um novo site para o cliente, em que o layout será claro e fácil de ser navegado pelo usuário. Paralelamente a isso, conteúdos de diversos tamanhos e objetivos também serão publicados, a fim de possibilitar que a relevância deste site aumente perante os critérios do Google.

Após essas fases de criação, chegaremos ao ponto de começar a abordar outras técnicas, como a integração do novo site com as redes sociais, com a intenção de atingir públicos diferentes e engajar o consumidor com a sua marca.

Depois de terminadas as campanhas, será o momento de monitorar se os resultados estão de acordo com o esperado pelo projeto. Se não estiverem, os números ajudarão no momento de criar os reforços de conteúdo tanto para o site, quanto para as mídias sociais, o que auxiliará no sucesso do plano.

Como o SEO pode ajudar o seu site a competir no ranking do Google?

As técnicas de otimização de sites auxilia o seu website a ser diferente dentre tantos outros. Atualmente, existem aproximadamente 1 bilhão de páginas na web. Contudo, o tempo de vida útil deles é baixo: poucos ultrapassam os 3 meses de atividade regular e acabam sendo abandonados após esse prazo.

Por isso, apesar do número inicial assustador de possíveis concorrências, o que faz com que um site se torne bem posicionado é um trabalho contínuo e paciente, exatamente o que os serviços de SEO, unidos com o marketing de posicionamento para internet, proporcionam durante todo o tempo de projeto.

Por que investir na otimização de sites?

Se você está procurando por mais informações sobre o SEO, então provavelmente está pesquisando as melhores técnicas para alavancar o posicionamento do seu site e, dessa forma, captar a atenção de um público maior para que as suas vendas aumentem. O dinheiro aplicado neste recurso cresce a cada dia por conta dos resultados obtidos por este trabalho que, além de impressionantes, geram diversos benefícios. Conheça os principais motivos que fazem esse investimento ser uma ótima opção para você:

  • Maior poder de alcance: hoje em dia, a maioria das pesquisas é feita pela internet. Com milhares de usuários espalhados pelo mundo, as estatísticas a favor da web são cada vez mais positivas e, com uma campanha de marketing de conteúdo, você se torna capaz de atingir muito mais pessoas e captar um número maior de clientes em diversos locais;
  • Resultados eficientes: as práticas de otimização, quando feitas da maneira correta, oferecem diversos benefícios como um posicionamento excelente em buscadores de pesquisa online, o que garante o sucesso do seu negócio;
  • Monitorar e medir os resultados obtidos: as técnicas SEO proporcionam um acompanhamento muito minucioso de todos os dados obtidos por meio deste trabalho. Desta forma, somos capazes de determinar quais são os métodos que estão funcionando e quais precisam ser melhorados, aprimorando o seu relacionamento com o cliente;
  • Fortalecimento da marca: não é o suficiente ter um site. É preciso investir em técnicas que o coloque em destaque para que, assim, a sua marca seja fortalecida e você capte mais clientes e isso se torna possível com o SEO!

Em quanto tempo se tem retorno do investimento?

Ao contratar serviços de marketing digital, é necessário ter em mente que esse é um projeto contínuo e longo, realizado em etapas e que precisa de monitoramento constante. Essa é a única maneira de garantir que você tenha retorno do seu investimento. Opções baratas e que oferecem resultados rápidos muitas vezes são um verdadeiro tiro no pé, visto que o produto final talvez não seja aquilo que você esperava ser no início.

O tempo médio para que o seu website se posicione de forma satisfatória é de, em média, 6 meses após a finalização, publicação e indexação. Todavia, devemos estar atentos aos fatores que podem influenciar esse cenário, como o tempo de existência do seu domínio, segmento, o layout do site escolhido, o número de conteúdo publicados, entre outros.

Por essa razão, um trabalho de SEO deve ser acompanhado de perto por profissionais especializados na área que, após a publicação do site, permanecerão atentos nos relatórios mensais gerados. Caso o posicionamento demore mais do que o esperado, textos de apoio serão criados e publicados.

Por onde começo?

Se você deseja iniciar um projeto de SEO, o melhor caminho é encontrar uma agência de marketing especializada no assunto. Dessa forma, você colocará o seu investimento nas mãos de profissionais qualificados e que poderão te oferecer retornos em um prazo de tempo menor.

Seguindo um estudo técnico e prático, que esteja atento às mudanças propostas pelos principais buscadores da internet, há maior certeza de que o seu site será posicionado nos primeiros links de pesquisa de maneira mais rápida.

Porém, os resultados do SEO não irão acontecer através de mágica: é preciso ter engajamento entre o contratado e o contratante. Isto é, para colher os frutos futuramente, é necessário que os dois lados se comuniquem e trabalhem em conjunto. Assim, você terá um pontapé inicial positivo e maiores asserções para o futuro.

Nesses casos, com certeza a Prime Web é a melhor opção para você.

Quanto custa?

Quando tratamentos a respeito do marketing em geral, não podemos esperar por trabalhos baratos, já que geralmente os estudos feitos para conseguir entregar os resultados esperados pelos clientes são específicos e precisam de mão de obra especializada, paciência e qualificações.

Desse modo, apostar em serviços baratos pode não ser uma boa opção, visto que você pode desperdiçar seu dinheiro em algo que não te trará os retornos esperados.

Em contramão a isso tudo, a Prime Web se apresenta como uma agência de marketing digital que tem como principal objetivo alavancar o sucesso e o posicionamento da sua empresa em diferentes buscadores da web. Com projetos diferenciados, é capaz de atender as necessidades de companhias de pequeno, médio e grande porte de maneira satisfatória e por um preço excelente. Para isso, conta com três tipos de planos principais: o MPI e o MPI local:

MPI (Plano A): Ofertado por vendedores externos, o MPI, também conhecido como plano A, é ideal para empresas de médio e grande porte. Entre os serviços oferecidos, estão:

  • Criação de site responsivo;
  • Versão mobile;
  • Pacote de pelo menos 50 palavras-chave com artigos de 350 a 450 palavras;
  • 20 caixas de e-mail;
  • Direito à 4 alterações por mês (atualização de conteúdo e páginas);
  • Hospedagem grátis de site e e-mails;
  • Acompanhamento dos acessos via Google Analytics;
  • Cadastro no Search Console (Google Webmasters Tools);
  • Cadastro no Google Maps;
  • Chat para 1 usuário (opcional).

MPI Local (Plano B): Já o MPI local, comumente chamado de plano B, é indicado para empresas pequenas e negócios locais. Dividido em dois planos chamados de Prata e Ouro, oferece um investimento menor e é caracterizado pela regionalização do projeto. Os serviços oferecidos em cada um dos pacotes são:

Prata:

  • Criação de site responsivo;
  • Versão mobile;
  • 30 palavras chave para posicionamento regionalizado com artigos de 250 a 300 palavras;
  • 10 caixas de e-mail;
  • Direito à 4 alterações por mês (atualização de conteúdo e páginas);
  • Hospedagem grátis de site e e-mails;
  • Acompanhamento dos acessos via Google Analytics;
  • Cadastro no Search Console (Google Webmasters Tools);
  • Cadastro no Google Maps.

Ouro:

  • Criação de site responsivo;
  • Versão mobile;
  • 40 palavras chave para posicionamento regionalizado com artigos de 250 a 300 palavras;
  • 20 caixas de e-mail;
  • Direito à 4 alterações por mês (atualização de conteúdo e páginas);
  • Hospedagem grátis de site e e-mails;
  • Acompanhamento dos acessos via Google Analytics;
  • Cadastro no Search Console (Google Webmasters Tools);
  • Cadastro no Google Maps;
  • Chat para 1 usuário (opcional).

Guia básico de SEO para iniciantes

É extremamente comum que pessoas mais leigas acreditem que o SEO consiste, basicamente, na utilização de palavras chave para que um site ranqueie nos buscadores online. Essa percepção, além de ser muito simplista, não reflete todo o trabalho realizado por essa técnica que é muito complexa e segue uma série de regras.

Por esse motivo, a Prime Web, empresa de marketing digital especializada nessa área, criou um guia completo sobre esse serviço. Confira!

A filosofia de SEO

A internet e todos os seus componentes estão em constante transformação e evolução. Isso influencia muito na técnica SEO, que deve sempre acompanhar essas mudanças e atualizar as suas estratégias. Dessa forma, os profissionais dessa área são capazes de continuar desempenhando as suas funções de maneira eficiente, gerando resultados e oferecendo um excelente ranqueamento nos pesquisadores online.

Apesar dessas alterações frequentes modificarem a forma com que este trabalho é realizado, as pessoas que atuam nesse setor devem possuir uma base fixa, que consiste na filosofia de SEO e guia o especialista ao definir quais são as suas prioridades. É necessário lembrar que esse serviço deve focar sempre nos usuários e visitantes de um site já que o seu principal objetivo sempre será chamar a atenção de possíveis clientes e captar a sua atenção. Sendo assim, aposte sempre em artigos bem escritos e que ofereçam informações interessantes.

Hoje em dia, não podemos deixar de lado as redes sociais, que desempenham uma função muito importante em todo esse processo e são ótimas ferramentas para se aproximar dos seus clientes. Por isso, invista em postagens mais descontraídas ao mesmo tempo em que possuam um conteúdo relevante!

Definições de SEO

Muitas vezes, ao tentar encontrar um termo que determine o que é o SEO, acabamos apenas nos referindo ao seu objetivo, que é fazer com que possíveis clientes encontrem a sua empresa de maneira mais simples e acessível. Embora esse serviço venha chamando cada vez mais a atenção das pessoas, até mesmo especialistas possuem certa dificuldade para definirem, de fato, o que é a otimização de sites.

Já sabemos que os profissionais dessa área colocam sempre as necessidades dos seus usuários em primeiro lugar ao evidenciar os produtos e serviços que são pesquisados por eles. Podemos dizer, então, que o SEO busca compreender os critérios de avaliação de seus visitantes para, dessa forma, oferecer conteúdos interessantes e pertinentes à eles.

Pensando como um buscador

Quando falamos do Google, pensamos em um sistema muito inteligente, que talvez tenha até a capacidade de interpretar as nossas ações. Contudo, o Google não passa de um software de computador, ou seja, apesar de ser capaz de desenvolver cálculos com grande precisão, comparar e reunir informações, ele é apenas um buscador: não pensa, não acha, não possui opinião, apenas calcula através do que chamamos de algoritmo.

Entretanto, quando o SEO entra em jogo, além de pensarmos nas métricas do Google e em todos os cálculos utilizados pelos robôs para classificar em qual posição de busca cada site deve ficar, também devemos pensar no fundamental: o usuário que terá a experiência em seu website.

O que não podemos encontrar no Google?

Você já imaginou um mundo em que o Google não é o principal buscador da internet? Parece difícil, mas ele já existiu!

Há algum tempo, o principal site utilizado para realizar buscas no meio digital era o Yahoo!. No Brasil, o mais popular era o Cadê?. O porém desses buscadores era que as páginas do sistema tinham que ser anexadas manualmente, o que não garantia que sites sobre todos os assuntos fossem encontrados.

No Google, entretanto, a anexação das páginas acontece automaticamente e, por isso, é muito mais fácil encontrar websites que tratam sobre diferentes temas, com abordagens distintas. Então, basicamente, é possível encontrar de tudo no Google, desde que não infrinja as leis vigentes em cada país.

Quando trabalhamos com o SEO, precisamos ter em mente que a principal base para um bom posicionamento é a publicação de conteúdos de qualidade nas páginas. Claro, existem outros pontos que também precisam ter atenção do desenvolvedor, como o layout do site, mas, sem sombra de dúvidas, textos são o melhor meio de procurar um bom posicionamento.Não se sabe exatamente por qual razão, mas os algoritmos do Google estão sempre focados na quantidade de artigos, na qualidade deles e nas citações internas e externas desses textos pela internet.

Com o passar do tempo, as preferência dos textos pelas métricas do principal buscador foram se alterando. Se antes textos longos eram uma grande aposta, hoje em dia a melhor opção é mesclar entre artigos médios e longos, que contenham muitas informações relevantes dentro deles e possam transmitir uma boa experiência para o usuário.

Tratando o Google de maneira mais objetiva

Para profissionais que trabalham com o SEO, o melhor a se fazer é enxergar o Google além do que usuários comuns o enxergam. E, para que funcione, é necessário que esses técnicos vejam o buscador de forma objetiva.

Em mais de uma década de existência, as métricas do Google se alteraram bastante. Mesmo que hoje em dia tenhamos uma base para trabalharmos, ela muda a todo instante. Por essa razão, é importante estar sempre atento às novidades e ao que pode mudar daqui, por exemplo, um mês.

Fatores On-page e Off-page

Para estipular qual site ficará nas primeiras colocações de busca, o Google utiliza como critério os fatores On-page e Off-page.

Os fatores On-page estão ligados a tudo o que você faz dentro da sua página da web e os fatores Off-page dizem respeito à tudo o que você faz fora dela. Neste caso, o que mais importa é linkagem externa e conseguir compartilhamento em redes sociais.

Trabalhar com links externos é um dos pontos mais importantes em um projeto de SEO. Contudo, é preciso ter atenção, principalmente com as técnicas de black hat (que possuem como principal objetivo burlar os robôs do buscador), que tendem a prejudicar o seu site ao invés de torná-lo relevante aos olhos do Google.

Portanto, quando falamos sobre fatores Off-page, é interessante, também, que tenhamos em mente que o Google, hoje em dia, consegue enxergar qual a experiência que um usuário quer ter dentro de um site. Por isso, os fatores On-page também são muito importantes.

Critérios On-page

Como já foi dito anteriormente, os fatores On-page tratam a respeito de todas as ações realizadas dentro do seu website.

Desse modo, pontos importantes como a publicação de conteúdo e o layout, são de grande importância, mas não apenas isso. O Google tende a dar maior relevância aos sites que auxiliam o algoritmo a organizar melhor as informações que serão repassadas para o usuário.

Por essa razão, é indispensável que tudo o que for realizado dentro do site seja feito de maneira clara, que possa ser identificada pelos robôs do Google e considerada interessante para o público do buscador.

Assim sendo, optar pela utilização de heading tags (h1, h2, h3, h4) na construção dos artigos e da linkagem interna dentro do próprio site são técnicas importantes que auxiliam os algoritmos do Google a verem a sua página como uma boa opção.

Os 3 pilares do SEO: relevância, autoridade e performance

Para facilitar o entendimento das bases do SEO, os profissionais da área utilizam três pilares que servem como auxílio para que a estratégia gere resultados. São eles: relevância, autoridade e performance. A seguir, você saberá mais sobre cada um deles.

Relevância em SEO

Se pudéssemos resumir um trabalho de SEO em uma palavra, com certeza ela seria relevância. Afinal, é sobre isso que todo o estudo se trata: dar relevância ao seu site para que ele apareça na primeira página dos buscadores.

Por isso, esse é um alicerce de grande importância, que guia o profissional para um projeto que dê resultados no final, entregando um website que seja satisfatório tanto para o Google, quanto para o usuário.

Autoridade em SEO

Para ser autoridade em algo, temos que ser tratados como referência em determinado assunto. No SEO, não é diferente. O objetivo é possibilitar que o site otimizado seja uma referência não apenas para os buscadores, mas também para os seus futuros possíveis clientes.

Entretanto, para ser uma autoridade, é preciso apostar nas estratégias e técnicas corretas para que seja possível alcançar os objetivos. E, com certeza, o SEO é um grande modelo a ser seguido.

Performance em SEO

Um trabalho bem feito de SEO não acaba após a conclusão e publicação do site. Para saber quais vão ser os resultados e a performance do projeto, é preciso de um acompanhamento que seguirá por meses.

Relatórios devem ser gerados para ajudar na medição dessas métricas. Desse modo, se algum reforço ou retoque for necessário para potencializar os resultados e fazer com que mais páginas permaneçam na primeira página do Google, ele será feito.

Conclusão do guia básico de SEO para iniciantes

Neste artigo, procuramos informar o leitor de forma mais profunda a respeito do que é e para que serve essa técnica de otimização de sites. Contudo, é interessante repetir: precisamos saber absolutamente tudo sobre o Google e nos manter atualizados sobre suas métricas, mas também é imprescindível levar em conta a experiência do usuário com o seu site.

Um projeto de SEO que considere apenas o rankeamento não terá vida muito longa e pode não ser um bom investimento. Por isso, também é necessário prestar atenção na empresa que você irá contratar para realizar esse serviço.

Considerações finais

Se você quer dar a visibilidade que o seu negócio merece e aumentar a sua carteira de clientes, com certeza apostar em um projeto de otimização de sites (SEO) é o caminho correto para você. E, sem sombra de dúvidas, os serviços oferecidos pela Prime Web são a melhor forma de alcançar a primeira página de Google e te fazer sentir que o seu investimento finalmente deu resultados.

Por isso, fale agora mesmo com um consultor comercial da nossa empresa e esclareça todas as suas dúvidas a respeito de nossos planos e serviços. Com o auxílio da Prime Web, a sua empresa sempre será a primeira opção!